Reader Comments

Psoríase

by viviane santos (2018-08-30)


Aprenda A Reconhecer Os Primeiros Sinais Da Psoríase

A psoríase é uma doença não contagiosa, imune inflamatória crônica que atinge cerca de 3% da população mundial (Heller, 2012) e, no Brasil, acredita-se que acometa 3 milhões de brasileiros (Rodrigues e Teixeira, 2009). A psoríase afeta de 1,5% a 3% da população mundial e se caracteriza pela formação de placas vermelhas principalmente nos joelhos, cotovelos e couro cabeludo. A psoríase é uma doença da pele crônica e não contagiosa. Estudos indicam que a maioria dos casos de psoríase podem ser genéticos, devido à incidência de psoríase nas famílias dos afetados pela doença.

Psoríase inversa: as placas ocorrem nas regiões de prega da pele, como axilas e virilha. De acordo com Dr. Romiti, muitas vezes ela é confundida com outras doenças como micoses, alergias e até mesmo a caspa, quando acomete couro cabeludo. A boa notícia é que existem tratamentos que conseguem diminuir os sinais e sintomas que elas provocam.

Pessoas que sofrem de psoríase sabem que as crises podem gerar lesões vermelhas, escamosas e espessas, em qualquer parte do corpo. Psoríase Pustulosa: Considerada uma forma rara, a pustulosa pode se apresentar somente nos pés e mãos ou por toda extensão do corpo.

Crescimento excessivo das células da pele ocasiona as lesões de psoríase que são caracterizadas por áreas claramente definidas de manchas vermelhas levemente elevadas com pele prateada e escamosa1. Atualmente, ainda não há uma cura para a doença, no entanto existem muitos tratamentos que, dependendo do tipo de psoríase, pode ajudar a aliviar bastante os sintomas desagradáveis.

Porém, há ainda variações na gravidade, existindo casos tão extremos que podem levar à incapacidade física, que é quando a doença atinge as articulações. Se a pessoa tem psoríase, as células T acabam atacando células saudáveis da pele, como se fosse para cicatrizar uma ferida ou tratar uma infecção.Inicia-se então uma resposta ao organismo que leva ao aparecimento das lesões de psoríase.

Sua psoríase é um grau baixo, aparece apenas nas articulações das mãos. A psoríase é uma doença dermatológica benigna, não contagiosa e crônica - com fases de piora e fases de melhora. Até 30% das pessoas que têm psoríase podem também apresentar artrite psoriásica em suas articulações4.

Existem alguns tratamentos caseiros que também podem ajudar a aliviar os sintomas da doença. Uma complicação da psoríase é a artrite psoriática ou psoríase artropática, que como tratar a psoriase afeta até 20% das pessoas que sofrem desta doença crônica. Na psoríase, sistema imunológico é ativado por engano, que conduz a excesso de produção de células da pele.

Kardashian, inclusive, revelou que já usou leite materno de sua irmã como uma forma de tratamento contra as suas manchas na pele. De um modo geral, os pacientes apresentam lesões na pele decorrentes de inflamação associada à hiperproliferação de queratinócitos com períodos de exacerbações, remissões ou lesões recorrentes.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2004, reconheceu através de comunicado que a psoríase é uma doença grave a incapacitante, justamente por prejudicar a qualidade de vida do indivíduo. Cerca de 5 a 30% das pessoas com psoríase desenvolvem artrite ( artrite psoriática ). A artrite psoriática provoca dores e inchaço nas articulações.

Os sinais e sintomas não são iguais em todas as pessoas, mas geralmente aparecem manchas vermelhas cobertas por escamas brancas, a pele fica seca, rachada e pode sangrar, além da pessoa sentir coceira, queimação e dor. Pior, até 49% dos casos de Psoríase não são tratados, tratamento dos sintomas físicos já é um problema.